História de Pedro Medeiros Delgado, de Bebezão para um Paizão.

terça-feira, 15 de março de 2011.
Tudo começou em 1996 quando meu pai um admirador de esportes resolveu me colocou no judô, pois ele mesmo já havia praticado o judô no passado e queria que desde pequeno eu já estivesse em um meio de disciplina e ensinamentos para que eu me desenvolve-se da melhor forma possível, então meu pai me colocou na academia do Sensei Artêmio que por ser meu padrinho de batismo sempre teve um vínculo forte com meu pai. No começo claro nada passava de brincadeiras, ensinamentos básicos nunca tive o que reclamar.

Até então sempre tive aulas com o Sensei Artêmio e depois alguns auxiliares do dojo como o Sensei André e mais tarde o Sensei Marcos, com o tempo participei de alguns festivais e campeonatos amistosos, sendo que o meu primeiro campeonato foi no mesmo ano do meu ingresso ao judô em 96 mostrando então um grande desejo por campeonatos e vontade de ser um atleta de "peso".
Passado alguns bons anos sempre competindo desde festivais a alguns campeonatos já oficiais eu nunca me separei do judô, mas também nunca chegou a ser algo que era levado totalmente a sério até que certa vez meu pai se atrasou para me buscar no treino e para não ficar esperando acabei treinando também nos treinos dos mais velhos acredito que na época eu tinha algo entre 8 a 10 anos e o pessoal tinha entre 16 a 19 e era um treino com finalidade a aprimoramento e competições.

Meu pai após o treino me perguntou se eu não tinha gostado e se não gostaria de praticar os 2 treinos o meu e o dos mais velhos e então eu aceitei.
Passaram-se mais alguns bons anos até que os meninos da minha idade pararam de treinar e um grupo grande foi lentamente reduzido até que por fim só restou eu, então determinado comecei a treinar apenas com os mais velhos. Nessa época treinei e aprendi com muitos professores que ajudavam e auxiliavam o Sensei Artêmio, tive aula com quase todos os Senseis de Bauru e treinei com incontáveis pessoas, muitas que permanecem no judô até hoje.
No começo eu era o garotinho da mamãe que vivia chorando quando perdia e nunca aceitava a derrota, porém através de experiência, aprendizado e disciplina melhorei meu comportamento e minha técnica e não demorou para que eu colhe-se os frutos.
Conquistei ainda jovem alguns títulos já de importância como Campeão Regional em 2001 e 2º no Inter-Estadual e Campeão Regional em 2003 e no mesmo ano de 2003 conquistei o que até hoje é meu maior título 2º lugar no Campeonato Sul Brasileiro em Maringá-PR que consegui ir através de uma seletiva em SP na qual fiquei em 3º lugar, na época era o máximo que minha categoria poderia me levar eu estava feliz para alguém que sempre era chamado de "Chorão" e "Peidorreiro" (Eu tinha alguns péssimos costumes hehe) foi um momento inesquecível.

Mas nem tudo na vida é um mar de rosas e logo vieram os problemas, não era fácil treinar no meio de pessoas mais velhas e um mal que isso trás são constantes lesões e eu como sempre fui muito desatento e desastrado, até hoje vivia tendo lesões desde simples torções ou alguns dedos trincados até algumas fraturas e alguns problemas mais sérios como uma vez que cheguei a ficar afastado quase 3 meses e meio por um problema no ligamento do joelho esquerdo, mas com o passar do tempo fui criando cada vez mais receio ou até mesmo medo pelo treino e acabava inventando desculpas para não treinar até que após uma conversa seria com meu pai e meu Sensei Artêmio resolvemos que para meu bem como eu não tinha pretensões de parar com o judô eu mudei de academia indo para a Associação Luso Brasileira.

Um recomeço que me trazia felicidade, pois lá encontrei não só pessoas da minha idade, mas valiosos amigos que guardo até hoje, junto com o Sensei Sérgio Caumo que foi como um segundo pai para mim me ensinou muito sempre com bom humor e histórias incríveis de vida.
Treinando cada vez mais fui crescendo e desenvolvendo meu judô, sempre com a cabeça no chão e nunca perdendo a humildade ou o respeito. Conquistei no tempo em que estive no Luso 3º Lugar Campeonato Beneméritos por Equipe em SP (2005), 5x Campeão Regional (2005/2006/2007/2008/2009), 2x Campeão Inter-Estadual (2007/2009), 2x Vice-campeão Inter-Estadual (2005/2006), 1x Terceiro colocado no Inter-Estadual (2008), 2º Lugar na Copa São Paulo (2007), 3º Colocado Copa São Paulo (2009). Em 2009 tive ainda a oportunidade de ser convocado para ser integrante da equipe de São Paulo do masculino juvenil para disputar o Brasileiro por Equipes, mas devido a uma fratura no calcanhar não pude aceitar o convite.

Os anos passaram rápido e maravilhoso, porém enfrentei um mesmo problema, muitos alunos cresceram, foram para universidades e encerraram sua carreira e então pouco a pouco o número da minha grande família foi diminuindo. Cada vez mais desmotivado e ainda com um calcanhar quebrado uma luz surgiu em meio de tanta tristeza: O Projeto SESI SP que começou no ano de 2010.

Fui escolhido como um dos integrantes dos atletas de rendimento do Sensei Marinho, porém meu início no SESI não foi muito bom, pois estava voltando de uma contusão e estava 12 kg mais pesado então com muito esforço e determinação passei por meses difíceis, mas consegui perder até a mais e desci de categoria pela primeira vez na vida conheci a palavra "dieta pré campeonato” (confesso que era muito mais difícil do que eu imaginava). Com minha família muito maior dessa vez, treinei como nunca chegando ao limite e ao extremo do cansaço, mas foi tudo recompensado.

Ainda no ano de 2010 fui campeão no Regional e Inter-Estadual e pela primeira vez consegui medalhar no paulista conseguindo um 3º lugar, um momento muito marcante, pois até então o fantasma do paulista tinha deixado de existir. Já se faz 1 ano desde então que estou no SESI e procuro todo dia aprender e passar minha experiência com todos e sempre aprender e crescer com os ensinamentos do Sensei Marinho que mesmo por pouco tempo já se mostrou uma pessoa que merece uma admiração e confiança muito grande.

Agradecimentos

Agradeço do fundo do meu coração a todos aqueles que sempre me apoiaram: meus pais que nunca desistiram e sempre estiveram presentes; todos os Senseis que buscaram me ajudar e me instruir dentro e fora do tatame sendo os pilares fundamentais do meu crescimento; todos os amigos que fiz dentro do judô que sempre me apoiaram e me ajudaram a evoluir e meus adversários que sem eles nunca teria crescido com as vitórias e derrotas.

Um agradecimento especial ao Judô Família Fontes por que só quem convive diariamente com vocês e acompanham seu blog é que sabe o quanto vocês se dedicam de coração ao judô. Um obrigado pela oportunidade de reconhecimento é muito legal. Obrigado

"Meu único desejo é sempre conseguir realizar minha maior vontade dentro do judô: aquele sentimento gostoso de auto-satisfação após um campeonato que não importa se você foi o vencido ou o vencedor, mas você deu o seu melhor".

Nós do Judô Família Fontes tivemos a oportunidade de conhecer o Pedrão quando ainda Bibi e Gigi Fontes treinavam e lutavam pela Bushidô, mas desde lá já pude perceber e reconhecer à educação, o respeito, a humildade, a essência do Judô estampada na vida do Pedrão.

Quero dizer que sua história é muito linda e mostra que na vida temos que passar as etapas diariamente sem ter que derrubar ou pisar em ninguém, pois as oportunidades vão chegando lentamente e diariamente, portanto temos que saber agarrá-las com unhas e dentes.

Pedrão você posso dizer que é um exemplo de atleta e quero externar esse elogio aos seus pais que realmente estão sempre próximos na medida do possível, mas que te deram uma educação de príncipe.

Um forte abraço do Judô Família Fontes e que você venha alcançar o seu sonho dentro desse esporte lindo, pois quero te dizer que minhas filhas tem aprendido muito com você e esse carinho e dedicação que você tem com elas, jamais poderei recompensar, mas Deus lhe recompensará.

História escrita por Pedrão.

Divulgada por Judô Família Fontes

O Judô Família Fontes é patrocinado por:

1 Comentário:

buwimiss disse...

Great read! I wish you could follow up to this topic

Aromatherapy Training

Postar um comentário

 
Melhor Site de Estudo Bíblico